Revisão de matérias on-line

Resumos "mão na roda" para o vestibular! 


Geografia e História dos Estados
Estado de TOCANTINS

 

 



 

  - Estado de Tocantins

Situa-se no sudoeste da região norte do país, limitado ao norte com o Maranhão, a leste com o Maranhão, Piauí e Bahia, ao sul com o Goiás, e a oeste com Mato Grosso e Pará. Antes parte do estado de Goiás, foi criado na promulgação da última Constituição brasileira, em 5 de outubro de 1988 e ocupa área de 278.420,7 km2. O relevo é formado por depressões na maior parte do território, sendo que na parte sul e nordeste encontram-se áreas de planaltos, com grande ocorrência de erosões, enquanto na parte central predominam extensas e belas planícies. As maiores altitudes localizam-se a leste e ao sul, onde se encontram as Serras do Estrondo, Lajeado, do Carmo e do Paraíso, com altitude média entre 360 e 600 metros.
A bacia hidrográfica abrange, aproximadamente, dois terços da área da bacia do rio Tocantins e um terço do rio Araguaia, além de várias sub-bacias importantes, fazendo do Tocantins um dos Estados mais ricos do Brasil em recursos hídricos. Os rios Araguaia, Tocantins, do Sono, das Balsas e Paraná são os mais importantes do Estado. No rio Araguaia encontra-se a Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do Brasil.
O clima do Estado de Tocantins é tropical, com temperaturas médias anuais de 26ºC nos meses de chuva: outubro a março, e 32ºC na estação seca: abril a setembro. O volume de precipitação média é de 1.800mm/ano nas regiões norte e leste do Estado, e de 1.000mm/ano na sua região sul.
Embora pertença formalmente à região norte, o Estado de Tocantins encontra-se na zona de transição geográfica entre o cerrado e a Floresta Amazônica. Essa característica fica evidente na fauna e flora locais, onde se misturam animais e plantas das duas regiões.
A população do Estado de Tocantins é de 1.049.823 habitantes, distribuídos em 123 municípios, com densidade demográfica de 3,30 habitantes por km2. Entre as cidades mais populosas do Estado encontram-se Araguaína, Gurupi e Palmas a capital. A faixa etária de 0 a 14 anos representa 41,7%, entre 15 e 59 anos corresponde 52,7% e acima de 60 anos representam 5,6% do total da população. As mulheres representam 48,8% e os homens 51,2%.
O índice de mortalidade no Estado é de 2,7 por mil habitantes e a taxa de mortalidade infantil é de 31,6 óbitos por cada grupo de mil habitantes nascidos vivos.

Economia - As principais atividades econômicas baseiam-se na produção agrícola, com destaque para a produção de arroz, milho, soja, mandioca e cana-de-açúcar. A criação pecuária também é significativa, bovinos, suínos, eqüinos e bubalinos. Outras atividades significativas são as indústrias de processamento de alimentos, a construção civil, móveis e madeireiras. Possui ainda jazidas de estanho, calcário, dolomita, gipsita e ouro.

O extremo norte de Goiás foi desbravado por missionários católicos chefiados por Frei Cristovão de Lisboa, que em 1625 percorreram a área do rio Tocantins, fundando ali uma Missão religiosa. Nos dois séculos que se seguiram, a corrente de migração vinda do norte e nordeste continuou a ocupar parte da região. Pelo sul, vieram os bandeirantes, chefiados por Bartolomeu Bueno, que percorreram toda a região que hoje corresponde aos Estados de Goiás e Tocantins, ao longo do século XVIII. Na região existiam duas culturas diferentes: de um lado, a dos sulistas, originários de São Paulo, e, do outro, os nortistas, de origem nordestina.
As dificuldades de acesso à região sul do Estado, por parte dos habitantes do norte, os levaram a estabelecer vínculos comerciais mais fortes com os Estados do Maranhão e Pará, sedimentando cada vez mais as diferenças e criando o anseio separatista. Em setembro de l821, houve um movimento que proclamou em Cavalcante, e posteriormente em Natividade, um governo autônomo da região norte do Estado. Cinqüenta e dois anos depois, foi proposta a criação da Província de Boa Vista do Tocantins, projeto não aceito pela maioria dos parlamentares do Império. No ano de l956, o juiz de Direito da Comarca de Porto Nacional elaborou e divulgou um "MANIFESTO À NAÇÃO", assinado por numerosos nortenses, deflagrando um movimento nessa Comarca, que revigorava a idéia da criação de um novo Estado.
Em l972, foi apresentada pelo Presidente da Comissão da Amazônia, da Câmara dos Deputados, o Projeto de Redivisão da Amazônia Legal, do qual constava a criação do Estado de Tocantins, aprovada em 27 de julho de l988, pela Comissão de Sistematização e pelo Plenário da Assembléia Nacional Constituinte. Seu primeiro Governador, José Wilson Siqueira Campos, tomou posse em 1 de janeiro de 1989, na cidade de Miracema do Tocantins, escolhida como capital provisória do novo Estado, até que a cidade de Palmas, a atual capital, fosse construída.

Palmas - Capital do Estado de Tocantins desde janeiro de 1990, a cidade de Palmas ocupa área de 2.745 km2, a uma altitude de 260 metros, na região central do Estado. Sua construção foi iniciada no dia 20 de maio de 1989. A população residente em sua área metropolitana totaliza 85.901 habitantes, sendo 55,5% de homens e 44,4% de mulheres.
Entre as principais atrações turísticas de Palmas encontram-se as belas e tranqüilas praias fluviais, com destaque para a Praia da Graciosa, a 10 km do centro da cidade, dotada de infra-estrutura necessária à comodidade dos freqüentadores. A Reserva Ecológica da Serra do Lajeado, distante l8 km do centro da cidade, tem 1.500 km2 de área e se caracteriza por traços ambientais da caatinga, do cerrado e da floresta tropical úmida. Possui diversas cachoeiras que formam piscinas apropriadas para a prática da natação, destacando-se a do Roncador e a do Brejo da Lagoa, ambas com 70 metros de altura.
A sua arquitetura, em estilo contemporâneo, assemelha-se à de Brasília, tendo como exemplo o Palácio Araguaia, sede do governo e cartão de visitas da cidade. Embora pouco explorado, o setor de restaurantes, bares e casas noturnas oferece opções razoáveis ao turista.

Ilha do Bananal - A maior ilha fluvial do Brasil foi descoberta em julho de 1773 por um sertanista, José Pinto Fonseca, que andava pelas terras de Goiás à procura de índios para escravizar. O primeiro nome da ilha foi Santana, passando mais tarde a denominar-se Bananal, em razão da existência de extensos bananais em seu território.
Reserva ambiental desde 1959, a ilha é formada pelos rios Araguaia e Javaés, possuindo área de mais de dois milhões de hectares. Está subdividida em duas partes: ao norte, o Parque Nacional do Araguaia, com quase a totalidade da área da ilha, abrangendo também parte dos municípios de Pium, Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia. Sua sede administrativa fica na localidade de Macaúba, à margem direita do Rio Araguaia. O Parque Indígena do Araguaia, criado em 1971, possui 1.600 hectares, onde vivem índios das tribos Javaés e Carajás. Sua flora é típica do cerrado e da floresta Amazônica. Na ilha são ainda encontradas onças-pintadas, antas, capivaras, lobos, veados, ariranhas, gaviões-reais, águias-pescadoras e araras-azuis, entre outras espécies ameaçadas de extinção.

Araguaína - Cidade que se desenvolveu a partir da construção da rodovia Belém-Brasília na década de 70, destaca-se como grande criadora de gado bovino, sendo por isso conhecida como "a Capital do Boi Gordo ". É a cidade com maior população no Estado e em seu município encontra-se em vias de implantação, uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE), localizada a 384 km da capital, Palmas.

Xambioá - Situada no extremo norte do Estado, a 502 km da cidade de Palmas, a cidade está localizada na região conhecida como "Bico-do-Papagaio". Xambioá, que em tupi-guarani quer dizer "pássaro veloz", é uma pacata cidade da beira do Rio Araguaia, com grandes extensões de praias e diversas ilhas fluviais ao longo do rio, como a ilha do Paletó e ilha do Campo.

Natividade - Situada 218 km ao sul da capital do estado, numa região descoberta em 1728, foi a sede provisória da Comarca do Norte de Goiás, no período de 1809 a 1815. Ainda no século XIX, foi o berço das primeiras manifestações para a separação da região norte do Estado de Goiás. Tombada em 1984 pelo Patrimônio Histórico Nacional, a cidade conserva, em antigos casarões e ruas estreitas, a sua arquitetura colonial de influência portuguesa e francesa. O Centro Histórico de Natividade é considerado o mais importante e bem conservado acervo arquitetônico do Estado de Tocantins.

Indígenas - Existe uma população de aproximadamente 5 mil índios no Estado de Tocantins, distribuídos entre sete grupos, que ocupam área de 2.171.028 hectares. Desse total, 630.948 hectares já foram demarcados pela Fundação Nacional do Índio - FUNAI.
Cerca de 74% das terras indígenas, que correspondem aproximadamente a 1.795.080 hectares, incluem apenas duas áreas que ainda estão em processo de demarcação, embora já estejam ocupadas pelos Javaés e Boto Velhos.
O grupo indígena mais numeroso é o dos Krahôs, que ocupa área de 302.533 hectares já demarcada pela FUNAI, nos municípios de Goiatins e Itacajá. Os Xerentes representam o segundo grupo em tamanho. Ocupam área também já demarcada pela FUNAI, de 167.542 hectares, no município de Tocantínis.

 


 
(*cursinho grátis) Cursinho Web


Conheça o Exclusivo Guia de planejamento do Tempo


  Voltar Menu Apostila
 




Simulados de matérias específicas!
 
  

Ajude-nos, dê sua sugestão, opinião ou crítica para Vestibular1 te ajudar a ficar mais ligado nas novidades e atualidades  Clique aqui e fale conosco

  
   Veja também: Livros Online para download

ANUNCIE AQUI!

 
  Voltar menu resumão

 
  

 

Enem

SAIBA TUDO!



 


 

Faça a revisão das matérias conosco

  

Navegue também em links de carreiras

   
 



 
 
  

 
  
Vídeo-Aula: aulas e dicas em vídeo

                                FÓRUM DO VESTIBULAR!
Faça parte de fórum exclusivo sobre vestibular de uma rede de sites de vestibular com conteúdo único! O Fórum é uma ferramenta muito útil para vestibulandos, professores, estudantes e interessados em geral sobre educação e vestibular.  Um canal para você se comunicar, expor idéias, compartilhar experiências melhorando seus estudos e relacionamentos.

 
OUTROS
CANAIS
DO
PORTAL=>


Página Principal


| Notícias | Provas Resolvidas | Atlas Geográfico | Fórum do Vestibular | Ansiedade | Boletins |
| Fies | Prouni | Mural de Recados | Tipos de Vestibulandos | Ajuda "V1" | Bolsas de Estudo |
| Agenda | Termo de uso | Papel de Parede | V1 Blog | Hora do Recreio | Redação Nota 10 |
| Professor on-line | Exercícios por matéria | Busca | Novidades | TourVirtual | Fale conosco |
| Carreiras | Testes | Faculdades | Cursinhos |  | Redação | Novidades | Calendários |
| Informativo Exclusivo | Sites de Vestibular | Teste vocacional | Links | Sites Recomendados |
| Divulgue | Gabaritos | Simulados | Bate papo | Macetes | Teste QI | Oriente-se | Resumos |
| Resultados | Cadastre-se | Mapa Geral | SAV | Cartões | Desafio | Apostilas | Enem | Breve |
| Apostilas Selecionadas | Dúvidas Sanadas | Ranking das Faculdades | Vídeo Aulas |
 

 Brasil,
Copyright © Desde 08/2000 Vestibular1. Todos os direitos reservados. All rights reserved.