Produção agropecuária brasileira

Revisão de Geografia: Produção agropecuária brasileira
Geografia: Produção agropecuária brasileira

Resumão – Revisão da Matéria de Geografia – Revisando seus conhecimentos
Geografia: Produção agropecuária brasileira

Revisão de Geografia: Produção agropecuária brasileira
Produção agropecuária brasileira
1. Introdução
A agricultura e a pecuária são classificadas como intensivas ou extensivas, em função do grau de capitalização e do índice de produtividade que alcançam. Essa classificação não é relacionada ao tamanho da área de cultivo ou de criação.
Nas propriedades onde a produtividade é elevada e os investimentos realizados permitem que se produza indefinidamente na mesma área, a agricultura é intensiva. Nas propriedades nas quais são aplicadas técnicas rudimentares e são apresentados baixos índices de exploração da terra, além de uma baixa produtividade, a agricultura extensiva é praticada.
É importante notar que essas definições não estão associadas ao tamanho da propriedade. Uma pequena propriedade, com utilização de mão-de-obra familiar, pode apresentar elevados índices de produtividade. Uma grande latifúndio pode ter baixos índices de produtividade.
Na pecuária, esses conceitos estão associados ao número de rezes por hectare. A pecuária é considerada intensiva se houver mais de uma cabeça de gado solta por hectare, os animais forem vacinados e receberem ração.

À medida que o processo de industrialização avançou, principalmente a partir da década de 1970, diminui a participação da agricultura na pauta de exportações. Ainda assim, atualmente, mais de 25% das exportações brasileiras dependem da agropecuária.

No cenário internacional, o Brasil é um grande exportador de café, suco de laranja, grão, farelo e óleo de soja, açúcar, fumo, cigarro, papel, celulose, carne bovina, carne suína e carne de aves.
Na pauta de importações de produtos agrícolas verifica-se grande diversificação nos produtos, com o trigo como destaque (pães, massas e bolachas).
Principais produtos da agricultura brasileira.
Milho em grão
Principais estados produtores: Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina
Soja
Principais estados produtores: Paraná, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Goiás e Mato Grosso do Sul
Feijão
Principais estados produtores: Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo
Arroz
Principais estados produtores: Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Maranhão, Tocantins e Santa Catarina

Cana-de-açúcar
Principais estados produtores: São Paulo, Alagoas, Paraná, Minas Gerais e Pernambuco
Café
Principais estados produtores: Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná e Rondônia
Mandioca
Principais estados produtores, Pará, Paraná, Bahia, Rio Grande do Sul e Minas Gerais
Trigo
Principais estados produtores: Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e MG/GO/SP
Algodão herbáceo
Principais estados produtores: Mato Grosso, Goiás, Paraná, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul
Laranja
Principais estados produtores: São Paulo, Sergipe, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul
Batata-inglesa
Principais estados produtores: Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina

Para obter mais informações sobre o tema, consulte:
embrapa.br – No endereço eletrônico da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) você encontrará vários dados e análises dos mais variados temas ligados à agropecuária – erosão, irrigação, alimentos transgênicos etc.
agricultura.gov.br (Ministério da Agricultura) – este site contém dados estatísticos, relatórios, análises por setores etc.

Revisão de Geografia: Produção agropecuária brasileira

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Contact us

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!