Misturas Homogêneas de Líquidos

Revisão de Química: Misturas Homogêneas de Líquidos

 

Química: Misturas Homogêneas de Líquidos

Resumão – Revisão da Matéria de Química – Revisando seus conhecimentos
Química: Misturas Homogêneas de Líquidos

Revisão de Química: Misturas Homogêneas de Líquidos

 

Misturas Homogêneas de Líquidos

Quando se trata de separar dois líquidos de diferentes pontos de ebulição, usa-se a destilação fracionada. A mistura é aquecida até que se atinja o PE do mais volátil. Enquanto este destila, a temperatura se mantém constante.

Terminada a destilação do primeiro líquido, a temperatura volta a subir até que se atinja o PE do segundo. Começa aí a destilação deste. Tudo é controlado com termômetro.
Na realidade, a temperatura em que começa a ebulição não é a do componente mais volátil, porque, junto com ele, também vaporiza, embora em proporção menor, o menos volátil.

Como o produto destilado é mais rico no componente mais volátil, precisaríamos submetê-lo a sucessivas destilações para que ocorressem separações cada vez mais eficientes, obtendo, no final, um produto de alto grau de pureza. Para evitar esse trabalho, adapta-se ao balão de destilação uma coluna de fracionamento, ao longo da qual ocorrem, naturalmente, sucessivas vaporizações e condensações.

 

Mistura Homogênea de Gases

Quando se trata de separar gases, o processo usado é a liquefação fracionada. Com o abaixamento da temperatura e o aumento da pressão consegue-se liquefação de gás separadamente. Este processo é usado industrialmente para separar oxigênio e nitrogênio do ar atmosférico.

 

Fracionamento de Misturas Homogêneas

Os exemplos que vimos até agora são de misturas cujos componentes podem ser distinguidos: ouro e areia, feijão e pedrinhas, água e óleo etc. Essas misturas são chamadas de misturas heterogêneas.
Numa mistura de água e sal, o sal dissolve-se na água. Dessa forma, não podemos distinguir seus componentes. As misturas desse tipo recebem o nome de misturas homogêneas ou soluções.

 

Destilação

É o processo pelo qual podemos separar e purificar um líquido misturado a outro líquido ou a um sólido. Isso é feito através da vaporização do líquido e de sua posterior condensação. É um processo bastante utilizado em laboratórios, e indústrias, como as de bebida e de remédios. A destilação é feita num aparelho chamado destilador.

 

Separando Substâncias

É possível separar os elementos das substâncias que se juntaram.
Vamos ver dois casos: o da água salgada e o do carbonato de cálcio.
Se fervermos a mistura de água vai se evaporar aos poucos até que reste apenas sal no fundo da panela.
Então, pela fervura – um processo físico – é possível separar a água do sal. Esse processo recebe o nome de análise imediata.

Já o aquecimento do carbonato de cálcio produz o desdobramento dessa substância em duas substâncias novas: o óxido de cálcio e o gás carbônico, cujas propriedades são diferentes da substância primitiva.
A mistura é colocada em um balão de vidro que recebe calor de uma fonte. Assim que o líquido começa a ferver, os vapores sobem e passam para o condensador. Aí o vapor é resfriado e transforma-se novamente em líquido, isto é, condensa-se.

 

CaracterísticasMisturasCombinações
Há formação de novas substânciasNãoSim
Os componentes podem ser separados por processos físicosSimNão
As substâncias se misturam sem sofrer alteração químicaSimNão

Classifique as misturas de acordo com as alternativas:

AlternativasMisturas
1. Mistura homogênea gasosa( ) Leite
2. Mistura homogênea Líquida e sólida( ) Gás de botijão
3. Mistura heterogênea Líquida e sólida( ) Água do mar filtrada
4. Mistura heterogênea sólida e gasosa( ) Ar atmosférico

 

Veja também: Mistura de Substâncias

Revisão de Química: Misturas Homogêneas de Líquidos

 

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!