Eletromagnetismo Interpretação do eletromagnetismo

Revisão de Física: Eletromagnetismo Interpretação do eletromagnetismo

 

Resumão – Revisão da Matéria de Física – Revisando seus conhecimentos
Física: Eletromagnetismo Interpretação do eletromagnetismo

 

Eletromagnetismo Interpretação do eletromagnetismo

Desde o advento das ideias inovadoras de Isaac Newton, estabeleceu-se uma interpretação causal do universo segundo a qual todo efeito observado obedeceria a forças exercidas por objetos situados a certa distância.

Nesse contexto histórico nasceu a teoria eletromagnética, segundo a qual as atrações e repulsões elétricas e magnéticas resultavam da ação de corpos distantes.

Era preciso, pois, encontrar a verdadeira causa final dessas forças, buscando-se uma analogia com a massa gravitacional de Newton e, simultaneamente, explicar de forma rigorosa os mecanismos de interação eletromagnética entre os corpos.

Coube a Ampère, a partir de seus trabalhos sobre correntes elétricas, expor a teoria da existência de partículas elétricas elementares que, ao se deslocar no interior das substâncias, causariam também os efeitos magnéticos.
No entanto, em suas experiências, ele não conseguiu encontrar essas partículas.

Por outro lado, Faraday introduziu a noção de campo, que teve logo grande aceitação e constituiu um marco no desenvolvimento da física moderna.
Concebeu o espaço como cheio de linhas de força ̶ correntes invisíveis de energia que governavam o movimento dos corpos e eram criadas pela própria presença dos objetos.

Assim, uma carga elétrica móvel produz perturbações eletromagnéticas a seu redor, de modo que qualquer outra carga próxima detecta sua presença por meio das linhas do campo.
Esse conceito foi desenvolvido matematicamente pelo britânico James Clerk Maxwell, e a força de seus argumentos acabou com a da ideia de forças que agiam sob o controle remoto, vigente em sua época.

Os múltiplos trabalhos teóricos sobre o eletromagnetismo culminaram em 1897, quando Sir Joseph John Thomson descobriu o elétron, cuja existência foi deduzida do desvio dos raios catódicos na presença de um campo elétrico.

A natureza do eletromagnetismo foi confirmada ao se determinar a origem das forças magnéticas no movimento orbital dos elétrons ao redor dos núcleos dos átomos.

Ondas eletromagnéticas. O conceito de onda eletromagnética, apresentado por Maxwell em 1864 e confirmado experimentalmente por Heinrich Hertz em 1886, é utilizado para demonstrar a natureza eletromagnética da luz.

Quando uma carga elétrica se desloca no espaço, a ela se associam um campo elétrico e outro magnético, interdependentes e com linhas de força perpendiculares entre si.

O resultado desse conjunto é uma onda eletromagnética que emerge da partícula e, em condições ideais – isto é, sem a intervenção de qualquer fator de perturbação – se move a uma velocidade de 299.793km/s, em forma de radiação luminosa.

A energia transportada pela onda é proporcional à intensidade dos campos elétrico e magnético da partícula emissora e fixa as diferentes frequências do espectro eletromagnético.

 

Eletromagnetismo – Aplicações

A teoria eletromagnética é muito usada na construção de geradores de energia elétrica, dentre estes se destacam os alternadores ou geradores de corrente alternada, que propiciam maior rendimento que os de corrente contínua por não sofrerem perdas mediante atrito.

A base do alternador é o eletroímã, núcleo em geral de ferro doce e em torno do qual se enrola um fio condutor revestido de cobertura isolante.
O dispositivo gira a grande velocidade, de modo que os polos magnéticos mudam de sentido e induzem correntes elétricas que se invertem a cada instante.

Com isso, as cargas circulam várias vezes pela mesma seção do condutor. Os eletroímãs também são utilizados na fabricação de elevadores e instrumentos cirúrgicos e terapêuticos.

Seu uso abrange diversos campos industriais, uma vez que os campos que geram podem mudar de direção e de intensidade.

Continue estudando sobre Eletromagnetismo:
Eletromagnetismo Histórico
Eletromagnetismo Indução Eletromagnética

Revisão de Física: Eletromagnetismo Interpretação do eletromagnetismo
Fonte: Alub pre-vestibular

Vestibular1

Vestibular1 sempre o Número 1 para Enem, Vestibulares, Concursos, Processos Seletivos. Seja qual for a prova ou exame que vá enfrentar, conte com nosso apoio na revisão dos estudos. Revise matérias e treine com nossos simulados, testes e problemas de matérias específicas. Aquelas provas e exames que vai enfrentar serão mais tranquilas, acesse e confira!